You are here

Desemprego de longa duração aumenta cerca de 24%

Segundo os dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), em agosto, o número de desempregados de longa duração registou um aumento de 23,6% face ao mesmo período do ano passado. O desemprego entre os professores cresceu 26,4%.
Foto de Paulete Matos.

O número de desempregados inscritos nos Centros de Emprego do IEFP aumentou 3,2%, o equivalente a 21.644 pessoas, em relação a agosto de 2012. Comparativamente ao mês anterior, o acréscimo foi de 1%, mais 6.966 pessoas. Os desempregados representavam 79% do total de 879.113 pessoas que se inscreveram para pedir emprego.

Dos 695.065 desempregados registados pelo IEFP no último mês, 321 mil não encontravam trabalho há um ano ou mais tempo, o que representa um aumento de 23,6% face a agosto de 2012.

Do total de pessoas que não encontram colocação no mercado de trabalho, 91% estavam à procura de um novo emprego, cerca de 633 mil, e 62 mil procuravam o primeiro emprego.

O "fim de trabalho não permanente" foi apontado como o principal motivo para a inscrição de desempregados nos Centros de Emprego, representando cerca de 41%, sendo seguido pelo “despedimento”, que justifica 13% das inscrições.

Desemprego entre os professores cresce 26,4%

O número de professores desempregados inscritos nos Centros de Emprego sofreu um aumento de 26,4% face ao mesmo período do ano passado, abrangendo atualmente 17.862 docentes. Face ao mês anterior, o aumento do número de professores desempregados foi de 21,4%.

O maior aumento, de 44,1%, foi registado entre os quadros superiores da administração pública, contudo, este grupo profissional conta com apenas 160 desempregados inscritos no IEFP em Portugal continental.

As profissões com maior número de desempregados eram o "Pessoal dos serviços, de proteção e segurança" (85.113); "Trabalhadores não qualificados dos serviços e comércio" (73.448); "Empregados de escritório" (65.286); "Operários e trabalhadores similares da indústria extrativa e construção civil" (59.299) e "Trabalhadores não qualificados das minas, construção civil e indústria transformadora" (53.607).


 

Termos relacionados Sociedade
(...)