You are here

Isabel Pires

Deputada e dirigente do Bloco de Esquerda. Licenciada em Ciências Políticas e Relações Internacionais e mestranda em Ciências Políticas

Artigos do Autor(a)

2015/12/25 - 5:47pm

As posições que a direita neste país tem sobre os problemas sistémicos da banca fazem lembrar a política da terra queimada.

2015/11/27 - 10:52am

O ISDS é um instrumento que garante a investidores o direito de utilizar procedimentos de resolução de litígios contra um governo estrangeiro.

2015/11/19 - 4:57pm

É hora de debater a Europa, mas de forma séria, responsável, criticando quando é necessário criticar. É preciso derrubar os muros, também mentais, que têm sido construídos. Mas, não é sério promover um debate sobre a Europa, que se nega a discutir a Europa.

2015/10/31 - 6:33pm

Importa, acima de tudo, clarificar que os acordos de que tanto se fala ultimamente estão a ter por base algo da maior importância, um pilar central do funcionamento da sociedade: o emprego.

2015/10/02 - 9:07pm

Cada voto que vai para a direita ou para os partidos que apregoam a austeridade, mesmo que de forma disfarçada, vai significar piores condições de vida. Cada voto no Bloco de Esquerda significa um compromisso claro: luta contra as medidas que cortem nas pensões, fechem centros de saúde, facilitem despedimentos, desvalorizem o valor do trabalho.

2015/09/23 - 6:18pm

É importante devolver à esfera pública as empresas que foram privatizadas, concessionadas ou subconcessionadas. Devolver aquilo que nos foi tirado, numa senda privatizadora que lesa o país e os seus cidadãos e cidadãs.

2015/09/04 - 2:06pm

Neste país, o que está por fazer só pode ser feito por quem está do lado das pessoas, por quem não responde a bancos em primeiro lugar.

2015/07/11 - 12:16am

Um país atreveu-se a dizer basta aos poderes instalados em Bruxelas que seguem ordens da Alemanha e da banca. É um momento de definição e muita clareza e importa perceber essa clareza em Portugal.

2015/06/11 - 12:55pm

O elétrico 24, desativado há 20 anos, está já em funcionamento, com um preço absurdo de 6€ por 24h (bilhete que apenas pode ser utilizado no equipamento em questão).

2015/04/17 - 12:07am

Um dos retratos mais marcantes da crise que afeta o país nas últimas semanas tem sido o cenário de completa desumanidade vivida na Amadora, no Bairro de Stª Filomena e no Bairro 6 de Maio.

Pages