You are here

Isabel Pires

Dirigente do Bloco de Esquerda. Licenciada em Ciências Políticas e Relações Internacionais e mestranda em Ciências Políticas

Artigos do Autor(a)

2022/09/24 - 11:07pm

Lisboa não pode continuar num rumo de inação e não ter infraestruturas adequadas à carga de resíduos que tem. E sim, essa responsabilidade é do executivo. Só podemos exigir que a cumpra, a bem da cidade e de quem cá mora, trabalha e visita.

2022/08/21 - 1:10pm

Que se tenha a coragem de, finalmente, ouvir estes milhares de trabalhadores e trabalhar com eles e elas para garantir um futuro da TAP que sirva o país e a economia.

2022/07/25 - 3:40pm

A recente proposta apresentada pelo Bloco para limitar o aumento das rendas em 2023 ao coeficiente que se aplicou em 2022 é de elementar justiça. Caso contrário, a inflação e a subida de rendas vai afetar todo o orçamento das famílias.

2022/06/18 - 11:23am

Por cá, seria importante perceber que posição tem o governo português, porque até agora ainda não se ouviu uma palavra de António Costa sobre o tema. A condenação da guerra e a obrigação de acolhimento e solidariedade tem que valer para todos e todas, qualquer que seja o país de onde venham.

2022/05/22 - 9:30pm

A decisão, hoje, em cima da mesa é sobre a Lei 32/2008 e essa não tem a ver com as secretas. Sobre estas, aliás, o Bloco de Esquerda esteve contra a lei, levamo-la ao Tribunal Constitucional e foi declarada a sua inconstitucionalidade.

2022/04/15 - 2:35pm

Esperar do Bloco de Esquerda que não fizesse o seu papel é do domínio da fantasia. Apresentamos propostas, encontramos soluções para discussão, questionamos o executivo, pedimos documentação importante ao trabalho de escrutínio. Sem jogos e sem diabolizações.

2022/03/17 - 9:55pm

Moedas continua a ignorar olimpicamente que a solução para retirar tráfego da cidade de Lisboa, aumentar a segurança rodoviária, promover o transporte público, melhorar a qualidade de vida dos e das lisboetas passa mesmo por zonas de emissão reduzida. Até quando?

2022/02/18 - 4:57pm

A violência contra as mulheres é, ainda, o ponto central das lutas das mulheres. Porque ela existe sob muitas formas e porque é a raiz de outras desigualdades. Para aqueles que dizem que o feminismo já não faz falta, que já tudo foi alcançado, só posso responder que é mentira.

2022/01/28 - 10:31pm

No ano em que o período da democracia ultrapassa o período da ditadura, a direita será derrotada e ergueremos no Porto o Museu da Resistência contra o fascismo! É desta memória que fazemos força!

2021/10/26 - 7:29pm

A crise energética exige uma resposta dupla: contenção dos preços que comprimem ainda mais os salários baixos e transição energética que diminua a dependência da energia fóssil e baixe o consumo de energia. É a esta resposta que o Governo falta.

Pages