You are here

José Manuel Pureza

Deputado e Vice-Presidente da Assembleia da República. Dirigente do Bloco de Esquerda, professor universitário.

Artigos do Autor(a)

2019/08/19 - 9:02pm

A preocupação principal de quem tem em mente a segurança das pessoas tem que ser a das ameaças "normais’’ à estabilidade da vida da grande maioria. E isso é salário, é pensão, é serviços públicos. 

2019/08/06 - 10:35pm

Há na crítica de Manuel Soares a Clara Sottomayor um preconceito: que os empenhamentos públicos pela igualdade são militâncias incompatíveis com a isenção de julgar, enquanto o legalismo cego aos valores do direito não é uma militância conservadora.

2019/07/08 - 10:11am

O balanço da legislatura far-se-á só quando ela terminar porque até ao lavar dos cestos é vindima. Mas os sinais de que ela pode terminar sem retirar da legislação laboral as marcas rudes nela deixadas pela violência social da troika são claros.

2019/06/24 - 11:32am

Tem a política que ser fria? Tem nela que prevalecer a razão instrumental?

2019/06/09 - 11:41pm

Ao fim de três anos de trabalho em comissão especializada, o parlamento aprovou três leis sobre o reforço da transparência no exercício de cargos políticos e altos cargos públicos.

2019/05/26 - 6:16pm

Com o primarismo que o carateriza, Bolsonaro defendeu cortes em cursos de ciências sociais e humanidades e que o dinheiro dos contribuintes deve ir para 'leitura, escrita e fazer conta'. Todo um programa.

2019/05/12 - 3:02pm

Há um fosso inequívoco entre discurso oficial sobre o acolhimento de refugiados em Portugal e a prática do Estado e da sociedade.

2019/04/28 - 2:51pm

O que se joga hoje na saúde e na energia é essa escolha essencial entre um Estado ao serviço dos grupos económicos e um Estado ao serviço dos cidadãos.

2019/04/14 - 11:07pm

O combate à precariedade tem na advocacia um terreno muito importante. É mais que tempo de aplicar a lei num setor onde ela é o instrumento de trabalho de todas as horas.

2019/03/31 - 12:27pm

Depois de meses de trabalho parlamentar sobre um pacote legislativo de combate à corrupção, PS e PSD acertaram à última hora as escapatórias que garantam a intocabilidade de alguns interesses poderosos.

Pages