You are here

Espanha: Petição pela demissão de Rajoy bate recordes

Ao ritmo de 40 mil assinaturas por hora, pode chegar ao milhão este sábado. Presidente do governo mantém o silêncio sobre o “saco azul” do PP, do qual terá recebido contribuições durante 11 anos.
Manifestação sexta-feira em frente à sede do PP. Foto de @Popicinio

Às 17h30 desta sexta-feira, uma petição pedindo a demissão imediata do governo de Mariano Rajoy e a convocação de eleições antecipadas tinha já 480 mil assinaturas, batendo todos os recordes das plataformas de petições online em Espanha, de acordo com o diário El País.

Impulsionada por um jovem de 24 anos, Pablo Gallego, a petição está a recolher umas 40 mil assinaturas por hora, o que poderia significar que atingiria o milhão de assinaturas no sábado.

O promotor diz que, nesse caso, irá à rua Génova, onde se situa a sede nacional do Partido Popular, com as assinaturas, para as entregar aos membros da Executiva do Partido que se reúnem, em sessão extraordinária, nesse mesmo dia.

O escândalo do saco azul do PP, revelado quinta-feira pelo El País, implica todos os principais dirigentes do partido, incluindo o atual presidente do governo, Mariano Rajoy. Todos alegadamente receberam desde 1990 pagamentos paralelos provenientes de um fundo abastecido por comissões e doações de empresas.

Mariano Rajoy, por exemplo, teria recebido “por fora” 25.200 euros anuais durante 11 anos, como consta da contabilidade manual mantida pelo ex-tesoureiro Luis Bárcenas. Instado a confirmar se recebeu ou não esse dinheiro, Rajoy remeteu-se ao silêncio, que poderá ser rompido sábado, numa conferência de imprensa após a reunião da executiva do partido.

Um porta-voz da Change.org, plataforma que está a albergar a petição, disse que as primeiras 200.000 assinaturas chegaram ao ritmo de mais de 500 por minuto, o que supera todos os registos anteriores. “Nunca tinha acontecido este ritmo de crescimento na nossa plataforma”, disse o porta-voz, que confirmou que a petição é já a que teve mais apoio da história da plataforma em Espanha.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Internacional
(...)