You are here

Megaprojeto da Lagoa dos Salgados submetido a avaliação de impacte ambiental

As associações que se juntaram para contestar o projeto da ex-SLN para a Lagoa dos Salgados saíram sorridentes após a entrega de 20 mil assinaturas no Ministério do Ambiente. O Governo decidiu submeter o polémico empreendimento à avaliação de impacte ambiental.
A Lagoa dos Salgados atrai observadores de aves de toda a Europa. Foto Mick Sway/Flickr

O projeto da Galilei (ex-Sociedade Lusa de Negócios, do universo BPN) estende-se por 359 hectares a norte da Praia Grande, e prevê 919 camas (373 nas três unidades hoteleiras e 546 nos seis aldeamentos turísticos) e um campo de golfe de 18 buracos na zona envolvente da área residencial. Tudo numa zona que não está integrada em nenhuma área de proteção, apesar dos ambientalistas a considerarem um “habitat único para pássaros, vital para o usufruto de gerações futuras”. O local é assinalado como ponto de nidificação de 45 espécies de aves e é apontado como um dos melhores locais para a observação de aves da região.

“O Algarve não precisa de mais hotéis, campos de golfe ou alojamento de férias - cujo nível de ocupação anda atualmente pelos 55%. Aquilo de que realmente precisa é que sejam apreciados os seus habitats únicos e a vida selvagem que deles depende”, diz a petição entregue esta terça-feira no Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território pela Plataforma de Amigos da Lagoa dos Salgados, que junta associações como a SPEA, Almargem, Liga para a Proteção da Natureza, A Rocha, Quercus, Aldeia, LPN e também empresas de turismo de Natureza e cidadãos que desfrutam da natureza naquele local.

No mesmo dia, o secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território, Pedro Afonso de Paulo, confirmou em comunicado que o Governo irá pedir a avaliação dos impactes ambientais "que resultarão da implementação das infra-estruturas e da componente edificada do referido projecto de empreendimento” localizado entre Albufeira e Silves.

"É a boa notícia do dia. Quer dizer que haverá oportunidade de avaliar a dimensão e todos as componentes do projeto e que ele terá de ser reformulado", afirmou à RTP Domingos Leitão, da Sociedade Portuguesa de Observação de Aves, surpreendido com o pedido do Governo no momento em que o grupo de peticionários se manifestava à porta do Ministério.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Ambiente
(...)