You are here

Sandra Cunha

Deputada e dirigente do Bloco de Esquerda. Professora universitária. Socióloga.

Artigos do Autor(a)

2014/10/16 - 12:32am

Porque é que precisamos do Feminismo? Porque é preciso acabar com todas as discriminações e desigualdades. Porque é urgente erradicar a violência contra uma parte da população baseada no sexo com que nasceu. Porque exigimos as mesmas oportunidades, o mesmo respeito e a mesma dignidade que é concedida aos homens.

2014/08/20 - 12:36am

São dois irmãos e vivem num carro debaixo de uma ponte em Paris. Primeiro disseram que não. Com o tempo, os sorrisos foram substituindo a desconfiança e o receio iniciais.

2014/07/23 - 7:51pm

Quando se vivem crises económicas como a que o país atualmente vive e quando a miséria e o desespero se instalam para tantos de forma perene, parece existir uma tendência - que se assume quase como natural - para hierarquizar a importância das coisas. E das causas.

2014/06/26 - 12:10am

“O país está melhor” sustenta o Governo. “Há uma nova esperança a nascer em Portugal”é a convicção do Presidente da República. Mas afinal de que é feito este país?

2014/04/30 - 3:32pm

No dia 1 de Maio comemoram-se os direitos alcançados pelos trabalhadores. A jornada das 8 horas de trabalho. O direito a férias. A justa retribuição. No entanto, a sombra que paira sobre as gentes deste país é negra, densa e cerceia cada vez mais as conquistas de Abril e Maio.

2014/04/01 - 2:39am

O paradigma neoconservador que assola a Europa investe igualmente no ataque ao reconhecimento e do direito fundamental da mulher à saúde sexual.

2014/03/05 - 1:24pm

Só Pedro Passos Coelho para não entender que ser mãe ou pai implica a necessidade de assegurar que os filhos terão uma vida melhor que a sua. Só Pedro Passos Coelho para não perceber que não se fazem filhos com micro-ondas e máquinas de lavar roupa.

2014/02/05 - 6:15pm

Enquanto noutros países a estratégia passa por apostar na formação superior e na ciência, em Portugal remete-se a geração mais qualificada de sempre para o limbo do desemprego ou da emigração e a ciência para um lugar residual na estratégia de desenvolvimento do país.

2014/01/09 - 1:55pm

São já vários os relatórios de organizações internacionais, como a OCDE ou a UNICEF que alertam para os riscos das políticas de austeridade que grassam um pouco por toda a Europa.

2013/12/11 - 12:14am

Devemos manter na nossa consciência e nas nossas ações a convicção de que apenas a defesa de um Estado Social forte e justo poderá destruir as desigualdades, aplacar a fome e reverter a miséria.

Pages