You are here

Convenção do Bloco: nova fase de debates

As duas moções de orientação política publicaram novas versões dos textos, com os contributos aceites. Até ao fim do mês realizam-se os debates distritais entre moções e a eleição de delegados está marcada para 3 de novembro.

O prazo para entrega de listas de delegadas e delegados de cada moção terminou na passada sexta-feira. Para além das moções, também se apresentaram a votos várias plataformas de aderentes não afetas a qualquer moção.

O processo de debate entre moções teve início na sexta-feira, com Lisboa, Setúbal e Coimbra, seguindo-se o Porto e Vila Real no sábado, e Évora, Beja e Funchal no domingo. Os próximos debates serão na Guarda (dia 22), Castelo Branco (dia 23), Leiria (dia 25), Aveiro, Viseu e Viana do Castelo (dia 26), Braga, Bragança Santarém e Portalegre (dia 27) e Faro (dia 28). No dia 3 de novembro realizam-se as eleições para a Convenção.

Na semana passada foi publicado o segundo caderno deBatEs, que inclui os textos das duas moções na sua versão final, depois da primeira fase de discussão que recolheu propostas de alteração e contributos. Para além dos textos de orientação polítiva, o caderno inclui ainda propostas de alteração dos estatutos do Bloco e mais de quatro dezenas de contributos escritos por aderentes para o debate interno bloquista.

A VIII Convenção do Bloco realiza-se a 10 e 11 de novembro no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa. Na noite da véspera - dia 9, sexta-feira - realiza-se uma sessão pública em que ficará bem vincada a resistência europeia à austeridade e à finança. Estarão presentes Alexis Tsipras (Syriza grego), Jean Luc Mélenchon (Front de Gauche francesa) e Gabrielle Zimmer (Die Linke alemão e presidente do GUE/NGL, o grupo parlamentar do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu)

Termos relacionados Política
(...)