You are here

Ângelo Correia: “Não percebo qual é a política económica deste governo”

Ângelo Correia, que já foi patrão de Passos Coelho na Fomentinvest e que foi um dos principais apoiantes da candidatura do atual primeiro ministro, afirmou não perceber “qual é a política do governo” e defendeu que o executivo “deve mudar de políticas”.
Pedro Passos Coelho e Ângelo Correia.

Não percebo qual é a política económica deste governo. Talvez ele a tenha, talvez vagueie nos corredores da Travessa da Horta Seca. Mas, para o país, para os operadores económicos, ela não é clara. Como, em segundo lugar, não é claro qual é o plano de reforma do Estado. Como, em terceiro, não é claro qual é o plano de corte das despesas”, adiantou Ângelo Correia numa entrevista à Sic Notícias.

O ex patrão de Passos Coelho na Fomentinvest, e que foi um dos principais apoiantes da candidatura do atual primeiro ministro, dirigiu também críticas a Vítor Gaspar: "Quando eu julgo que ouvi há oito dias o senhor ministro das Finanças a dizer que "estou a fazer um documento que está pronto em 2014 com esse conteúdo", a minha pergunta é: Então quando o Governo se vai embora é que se sabe como se vai resolver o problema das despesas públicas? Isto é inaceitável".

 

Segundo Ângelo Correia, “uma renovação governamental é inevitável”, mas “só faz sentido uma renovação de pessoas quando existe uma renovação de políticas”.

 

Referindo-se às alterações à Taxa Social Única, assumiu ainda que acredita que a medida “tivesse muita influência no emprego”

Termos relacionados Política
(...)