You are here

Governo recusa todas as propostas salariais dos sindicatos

O Governo nem perdeu tempo para ouvir as propostas salariais dos sindicatos da função pública. A Frente Comum apela à mobilização popular e, alerta, diz que é preciso pensar “noutras formas de luta que podem chegar à greve geral”.
Foto Estela Silva/Lusa. É preciso pensar “noutras formas de luta que podem chegar à greve geral”, avisa a Frente Comum.

E, ao primeiro dia de negociações com os sindicatos da função pública, o Governo recusou taxativamente todas as propostas apresentadas pela Frente Comum. Ana Avoila alerta para a necessidade de pensar em novas formas de luta, incluindo a greve geral. 

“Basicamente o Governo recusou todas as propostas, disse apenas que quer rever o sistema de avaliação, mas também não disse como”, declarou a coordenadora da Frente Comum quando terminou a reunião de duas horas com o Governo.

Entre as propostas recusadas encontra-se o aumento salarial de 47 euros para todos os trabalhadores, a reposição dos subsídios de férias e de natal, e o aumento do subsídio de férias para 6,5 euros.

“Fizemos uma proposta justa e não vamos desistir dela”, adiantou Ana Avoila, antes de apelar à mobilização popular contra as medidas de austeridade anunciadas por Passos Coelho. “Os trabalhadores têm de se mobilizar e de lutar. Não nos resta outro meio senão ir para a rua lutar”, considera a coordenadora da Frente Comum, mas a manifestação de 29 de outubro “não chega”. É preciso pensar “noutras formas de luta que podem chegar à greve geral”, defende Ana Avoila.

Ainda antes de iniciar as negociações com o Governo, que também têm lugar esta segunda-feira, o Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado já sabe que todas as suas propostas também serão recusadas. O STE exige o regresso dos salários ao nível de 2010, antes do corte médio de 5% e do corte dos subsídios de férias e de natal.

“Às nossas propostas o Governo disse zero”, referiu Bettencourt Picanço. Este dirigente sindical pretende que o Governo quantifica e esclareça o alcance de algumas das medidas de austeridade anunciadas por Vítor Gaspar, como é o caso da alteração dos escalões de IRS.
 

Termos relacionados Política
(...)