You are here

Shifang: nova rebelião na China

Revolta é contra a construção de uma fábrica Sichuan Honda, por problemas ambientais. Houve confrontos com a polícia, e a mobilização arrancou uma primeira vitória.
Mobilização teve choques com a polícia. Imagem retirada de um filme do youtube.

A cidade de Shifang, na China central, está desde segunda-feira em rebelião contra o governo chinês.

Uma fotografia da agência de noticias Reuters mostra os manifestantes debaixo de chuva, com guarda-chuvas abertos, portando faixas plásticas de protesto. As faixas plásticas, diferentes das pintadas à mão, demonstram que os manifestantes estão bem organizados.

A raiva é grande, com manifestantes lançando pedras e tijolos contra repartições governamentais. Foram destruídos carros e houve confrontos com a policia vestida a rigor, ou seja, com roupas antidistúrbios.

Shifang, na província de Sichuan, tem uma população de cerca de 430 mil habitantes e a revolta é contra a construção de uma fábrica Sichuan Honda, listada na bolsa de Xangai. Os moradores temem que o processamento da liga molibidénio-cobre possa causar problemas ambientais, contaminando solo e água com partículas cancerígenas.

Segundo as autoridades locais, apenas 13 manifestantes sofreram ferimentos, mas tratando-se dos burocratas chineses sabemos que o número deve ser maior.

Nesta terça-feira, a policia continua a ocupar a cidade. O governo declarou que a construção da fábrica será interrompida, o que já é uma vitoria inicial. Resta saber se a decisão será mantida ou não, depois da poeira baixar.

A policia ameaçou “punir severamente” quem incitar à continuidade desta luta considerada “ilegal”. Mandou também que aqueles que usam os meios de comunicação, como telefones e a Internet, para divulgar a mobilização, parem imediatamente com essas ações.

Sichuan Shifang Government used of the blast to disperse citizen...

Artigos relacionados: 

Sobre o/a autor(a)

Termos relacionados Ambiente
(...)