You are here

Hewlett-Packard anuncia despedimentos

Corte atingirá 27 mil trabalhadores até 2014. Na Alemanha, o sindicato IG Metall pediu já esclarecimentos sobre a estratégia da empresa, que se remeteu ao silêncio.
Empresa alega quebra de vendas

A HP anunciou em Palo Alto, Califórnia, o corte de 27.000 postos de trabalho até meados de 2014. A justificação é simples: quebra nas vendas no primeiro trimestre de 2012.

O fabricante mundial de computadores que está presente em 170 países e emprega cerca de 349.000 pessoas, lamenta e justifica os despedimentos com a baixa das vendas, devido ao facto de os consumidores optarem por Tablet-PC e Smartphones em vez de computadores portáteis. Mesmo a secção mais lucrativa da empresa, as impressoras, apresentou uma quebra de 10% nas vendas, no mesmo período deste ano.

Por seu lado, na Alemanha, o sindicato IG Metall pediu já esclarecimentos sobre a notícia, antevendo que, dos 10.400 funcionários alemães, algumas centenas venham a ser atingidos por esta medida. Alertou ainda a empresa “para a necessidade de um esclarecimento claro da sua estratégia quer aos clientes quer aos seus funcionários”. No entanto, a HP remeteu-se ao silêncio e só irá divulgar quais os departamentos a sofrer cortes em meados de Junho.

A empresa apresentou uma faturação de 127 mil milhões e um lucro de 8,9 mil milhões de dólares, em 2011.

Sobre o/a autor(a)

Termos relacionados Internacional
(...)