You are here

IG Metall e patronato chegam a acordo

A IG Metal, que vinha há cerca de um mês a lutar por aumentos salariais e melhores condições de trabalho para os aprendizes e para os contratados às firmas de trabalho temporário, chegou a acordo com o patronato, mas só na região de Baden-Wuttemberg (Stuttgart), por enquanto.
Foto de IG Metall,Flickr.

Numa maratona que se prolongou pela madrugada de Sábado, as partes acordaram um aumento de 4,3% com prazo de duração de 13 meses, a partir de maio.

Em relação aos aprendizes, os patrões aceitaram mantê-los com um contrato sem prazo, após a conclusão do tempo de treino, na medida das necessidades da empresa. De lembrar que, de acordo com as profissões, este tempo de treino varia entre 3 e 4 anos, com um ordenado 4 vezes menos que o legal da profissão.

Esta disposição deverá vir a ser comunicada logo no início do treino dos aprendizes, medida esta que representa um avanço extraordinário para estes jovens, por quem o IG Metall sempre lutou e que com toda a justiça foi agora reconhecido.

Quanto aos empregados das empresas de trabalho temporário, as comissões de trabalhadores irão de futuro ser ouvidas com frequência. A partir de agora, o trabalhador temporário só pode estar nessa situação por 18 meses na firma pelo que após este período deve ser considerada a sua manutenção na empresa. Com 24 meses de serviço a sua contratação passa a ser obrigatória. Esta regra irá vigorar até 31 de dezembro de 2015.

Os representantes dos patrões já recomendaram a aplicação deste Acordo nos outros Estados da Alemanha e o representante do IG Metall esclareceu que por enquanto só o Estado de Sachen se absteve de aceitar.

Esta ronda de negociações durou cerca de 18 horas mas penso ter terminada com bons resultados.

Sobre o/a autor(a)

Termos relacionados Internacional
(...)