You are here

João Salaviza novamente premiado

Realizador português conquista o 1º prémio de curtas-metragens em Berlim com “Rafa”. Miguel Gomes, com “Tabu”, também recebeu prémio. Salaviza critica a indiferença dos canais portugueses em relação aos filmes nacionais.
Por que este filme e "Tabu" não passam logo nas TVs?

O realizador português João Salaviza conquistou o prémio para a melhor curta-metragem do Festival de Cinema de Berlimcom o filme "Rafa". Já o longa "Tabu", de Miguel Gomes, venceu o o Prémio Alfred Bauer, que distingue um trabalho de particular inovação artística.

"Rafa" é a terceira parte de uma trilogia temática iniciada por "Arena" e continuada por "Cerro Negro", que gira em torno das prisões reais e afetivas de uma juventude urbana. Recorde-se que o primeiro da trilogia, "Arena", conquistou em Cannes uma Palma de Ouro da mesma categoria.

Ao agradecer o prémio, Miguel Gomes lembrou a 'família' do cinema português a que pertence, sublinhando que o prémio também é dedicado a cineastas como Manoel de Oliveira, João César Monteiro, Pedro Costa, Fernando Lopes ou Paulo Rocha, artistas que sempre trabalharam de forma livre, independentemente de razões políticas ou económicas.

Já João Salaviza lamentou que haja “cada vez menos espaço para os filmes portugueses” nos circuitos de distribuição, e criticou a indiferença das televisões.

“Era preciso que as televisões, não só a RTP mas as privadas, tivessem um compromisso maior com o cinema português”, disse Salaviza à Lusa, neste domingo. “Para mim é inaceitável que não passe já hoje na televisão, nos três canais, o filme do Miguel Gomes”, disse.

“Como é possível que os filmes portugueses sejam tão bem recebidos e acolhidos, que encham salas por todo o mundo, como em Berlim, onde o filme do Miguel [Gomes] foi visto por 1500 pessoas”, questiona, sem que em Portugal haja o mesmo interesse?

Salaviza tem esperanças de mostrar a curta-metragem que lhe valeu o Urso de Ouro, “Rafa”, no circuito comercial, “embora também já não haja muitas salas de cinema” em Portugal. Ou, pelo menos, salas de cinema “como antigamente, onde uma pessoa ia com o intuito de ver um filme e não para comprar uns ténis”.

Rafa é uma curta-metragem sobre um rapaz de 13 anos preocupado com a mãe, detida numa esquadra da polícia por conduzir sem carta.

 

RAFA teaser 01 from João Salaviza on Vimeo.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Cultura
(...)