You are here

Assange vai fazer programa de TV

Fundador do Wikileaks assina com o canal em inglês Russia Today um contrato para fazer uma série de programas em que vai entrevistar dez atores mundiais, “pensadores e revolucionários”.
A série “deve converter-se no denominador comum da discussão mundial sobre o futuro do mundo”. Foto de ssoosay

Julian Assange, fundador do Wikileaks, assinou contrato com a rede de televisão Russia Today, para trabalhar como entrevistador de um programa no qual receberá “pensadores e revolucionários”. O programa terá o título “O mundo amanhã”, foi idealizado pelo próprio Assange, e deve começar a ir ao ar em meados de março. Cada emissão terá 26 minutos.

O canal Russia Today informou que as filmagens já estão em curso, na Grã-Bretanha, onde Assange permanece em prisão domiciliar, enquanto apela contra uma ordem de extradição para a Suécia.

Assange convidará “10 atores políticos mundiais, pensadores e revolucionários”, mas a sua identidade ainda não é conhecida. A série “deve converter-se no denominador comum da discussão mundial sobre o futuro do mundo”, disse Assange, de acordo com um comunicado de imprensa do canal.

“Tudo que fazemos é diferente do que o mundo conhece na imprensa e na televisão em língua inglesa. Temos muita coisa em comum com Assange”, disse Margarita Simonyan, editora-chefe de Russia Today, que acrescentou que o programa será “um espetáculo televisivo sensacional”.

O canal de televisão por assinatura Russia Today é distribuído por televisão para 430 milhões de assinantes em todo o mundo; e também através do YouTube.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados wikileaks, Internacional
(...)