You are here

Adriano Campos

Sociólogo, dirigente do Bloco de Esquerda e ativista contra a precariedade.

Artigos do Autor(a)

2016/11/06 - 10:47pm

A corrida aos depósitos, peça fundamental no apocalipse marquesmendiano, saldou-se na mesmice financeira de um país hipotecado: ninguém corre ao que não tem.

2016/10/26 - 2:23pm

O contrato celebrado entre o Banco de Portugal e o ex-governante campeão das privatizações termina a 1 de novembro de 2016.

2016/09/08 - 10:57pm

Morto e enterrado? Os futuros episódios dirão do quem e do porquê do recente recuo, sendo certo que a obstinação ideológica pelo mercado livre e canonizado habitará os debates que importam.

2016/07/29 - 9:46pm

O que faz do Pokémon Go um caso tão singular? A própria prática do jogo. É a primeira vez que a associação entre o espaço público e uma realidade virtual obedece de forma tão contagiante e descentralizada a uma prática de aquisição contínua.

2016/07/04 - 3:38pm

O elogio pangermánico de Durão Barroso ilustra o Conselho Europeu do próximo dia 5. Adiada por força das eleições espanholas, a decisão sobre as sanções a Portugal e Espanha será a primeira tomada de posição política da União Europeia (UE) após o Brexit.

2016/06/16 - 12:13am

O largo consenso que se constrói em defesa da Escola Pública é a desgraça de uma direita que defende apenas os seus.

2016/04/14 - 12:00am

Ilídio Pinho foi patrão de ex-ministros e bom cliente do offshore do Panamá. Segundo Rafael Marques, foi também testa-de-ferro de Isabel dos Santos na compra da EFACEC.

2016/03/22 - 1:37pm

Ainda se lembra da Coligação Portugal à Frente (PAF)? O compromisso eleitoral, como podemos ler, era farto em promessas de uma "exemplaridade" política.

2016/03/10 - 2:50pm

A fictional tale based on true events. While exiting the Eurogroup meeting, Maria Luís Albuquerque expressed her concern regarding the scenario of political instability in Spain, hoping that this scenario will not jeopardise years of sacrifice and budgetary rigor. By Adriano Campos.

2016/03/04 - 1:32pm

A EDP ameaça o conjunto dos seus clientes com a imposição dos custos da tarifa social dos mais pobres. Já a Endesa, apressou-se a agitar a retaliação sobre a "qualidade do serviço" - apagões?!

Pages