You are here

Veto Açores: “Cavaco deu o sim ao corte dos salários”

O Bloco de Esquerda considerou nesta quarta feira que o veto político do Representante da República para os Açores ao orçamento regional significa que Cavaco Silva "deu o seu sim ao corte dos salários dos portugueses".
José António Mesquita, Representante da República para os Açores – Foto do Site oficial

"Quando Cavaco Silva, Presidente da República de Portugal, mas também candidato presidencial, toma a opção de estar ao lado do Governo de José Sócrates para cortar os salários aos portugueses nós tiramos daí a ilação política de que esta, afinal, é uma medida de duas cabeças: Cavaco Silva e José Sócrates", declarou o deputado Pedro Filipe Soares à comunicação, comentando o veto do Representante da República para os Açores ao orçamento regional.

O Representante da República para os Açores justificou o veto com a sua discordância com a norma que atribui compensação salarial aos funcionários públicos regionais pelo corte de salários do próximo ano, impostos pelo OE para 2011.

Pedro Filipe Soares reafirmou a concordância do Bloco com a compensação aos funcionários públicos, decidida pelo Governo Regional dos Açores, realçando: "Nós sempre dissemos que não é aceitável, num cenário de crise, serem os trabalhadores, particularmente os funcionários públicos, a pagar com a degradação do seu salário esta crise. Havia outras medidas".

O deputado lembrou ainda que o Bloco apresentou na AR um pedido de fiscalização sucessiva de constitucionalidade dos cortes de salários aos funcionários públicos em 2011.

Termos relacionados Política
(...)