You are here

Manuel Alegre: “Basta de mexidas no código laboral”

O candidato presidencial defendeu o subsídio compensatório aprovado pelo Governo Regional dos Açores, disse que “os problemas da nossa economia não se resolvem com a liberalização dos despedimentos” e salientou: “O que me aflige são as empresas que estão a distribuir dividendos para fugir aos impostos”.
Manuel Alegre legalizou candidatura no Tribunal Constitucional - Foto de manuelalegre2011.pt

“Basta de mexidas no código laboral. Defendo o que sempre defendi: não se pode pôr em risco a justa causa. Os problemas da nossa economia não se resolvem com a liberalização dos despedimentos”, declarou Manuel Alegre nesta quinta feira na Covilhã.

O candidato presidencial falava à comunicação social, após uma entrevista pública promovida pela Universidade da Beira Interior num dos anfiteatros da instituição.

Manuel Alegre defendeu ainda o subsídio compensatório aos funcionários públicos que foi aprovado pelo Governo Regional dos Açores. “Que Carlos César tenha feito essa medida compensatória com um ‘superavit’ para atender a situações de trabalhadores em dificuldade acho que revela sensibilidade social”, sublinhou Alegre, acrescentando: “O que o nosso país precisa é de medidas de sensibilidade social”.

Manuel Alegre também formalizou a sua candidatura a Presidente da República no Tribunal Constitucional, através da entrega de 12.250 assinaturas, tendo afirmado que “é tempo” de colocar as eleições presidenciais na agenda política.

Termos relacionados Política
(...)