You are here

José Maria Cardoso

Professor. Dirigente do Bloco de Esquerda

Artigos do Autor(a)

2015/10/08 - 3:04pm

É um voto de esperança em quem não desiste do país, em quem tem empenho e capacidade para defender o que verdadeiramente interessa.

2015/09/15 - 11:50am

Podemos ter muitas dúvidas, mas devemos ter a certeza, pela certificação dos resultados e pela vivência da dolorosa realidade, que a política seguida por sucessivos governos em Portugal, não serve o país, não dignifica as pessoas, não resguarda a democracia.

2015/08/04 - 12:00am

Num artigo de opinião publicado no “Jornal de Barcelos”, o deputado municipal do PS, Nelson Brito, apelida o Bloco de Esquerda local de demagogo por apresentar na AM uma recomendação à Câmara para apoio económico e social às famílias carenciadas a quem lhes tem sido cortado o abastecimento de água por falta de pagamento.

2015/06/05 - 12:02am

A violência doméstica não são histórias de ficção ou de vitimização infundada num país longínquo de arcaísmo cultural. É uma hedionda realidade próxima de nós entre pessoas que muitas vezes nos são próximas.

2015/03/26 - 12:00am

Como é possível aceitar-se que um primeiro-ministro, que está sob suspeita de não respeitar as mais básicas obrigações como cidadão, possa liderar um governo que legisla sobre matéria contributiva?

2015/01/16 - 11:59pm

Hoje a autodeterminação impõe-se pela recusa a uma política de austeridade que empobrece os remediados e enriquece os abastados.

2014/05/15 - 12:19pm

Se é entendível o desencanto com a política é imperioso depor os políticos que têm provocado essa desilusão. Temos de libertar a raiva contida e elevar a desobediência em nome da vida.

2014/04/25 - 6:34pm

Viver Abril é equacionar o que temos e o que queremos. É avaliar o que fizemos e o que podíamos ter feito. É encontrar caminhos do presente para o futuro que façam com que a política chegue à ação, a ação chegue às pessoas, as pessoas cheguem à consciência do direito e da dignidade de ser pessoa.

2014/03/29 - 3:30pm

Segundo o projeto da REN, o concelho de Barcelos será atravessado por uma linha de muito alta tensão (400Kv, o dobro da normal em Portugal) e para tal será construído um corredor de torres de suporte e conexão da linha. Tudo isto seria aceitável não fora os problemas que acarreta.

2014/01/25 - 1:03am

Os jovens enquanto principiantes da participação cívica, não têm que copiar modelos e adquirir vícios dos Grandes.

Pages