You are here

“Povo português deve exigir caminhos alternativos”

Carvalho da Silva diz esperar a presença de "dezenas de milhares de trabalhadores" nas concentrações em Lisboa, no Marquês de Pombal, e no Porto, na Praça dos Leões e Batalha.
Carvalho da Silva: acção forte contra esta ignóbil campanha de exigência de mais sacrifícios a quem já não tem nada. Foto Lusa

 

A CGTP organiza esta quarta-feira manifestações em Lisboa e no Porto, associando-se à jornada de luta europeia convocada pela Confederação Europeia de Sindicatos contra os planos de austeridade por toda a Europa.

O secretário-geral da central, Manuel Carvalho da Silva, disse esperar a presença de "dezenas de milhares de trabalhadores" nas concentrações em Lisboa, no Marquês de Pombal, e no Porto, na Praça dos Leões e Batalha.

“O movimento sindical, e a CGTP em particular, não tem outro caminho que não seja chamar à atenção das pessoas, fazer uma acção forte contra esta ignóbil campanha de exigência de mais sacrifícios a quem já não tem nada”, afirmou o sindicalista.

O líder da CGTP diz que os trabalhadores e o povo português devem exigir “caminhos alternativos” para a situação de crise que afecta o país e avisa que dentro de dois dias vão ser anunciados novos protestos.

Artigos relacionados: 

Termos relacionados Jornadas de Luta
(...)