You are here

Madeira: Bloco propõe Plano de Ordenamento Florestal

O deputado do Bloco na Assembleia legislativa da Madeira anunciou, esta quarta-feira, que apresentará em Outubro, no reinício dos trabalhos parlamentares, a proposta de criação de um Plano de Ordenamento Florestal para combater o surgimento de incêndios nestas áreas.
No miradouro turístico do Pico Alto, chegou a ser impossível ver a cidade do Funchal devido ao fumo dos diversos incêndios a sul do Parque Ecológico do Funchal. Foto Homem de Gouveia/LUSA

A iniciativa foi apresentada em conferência de imprensa pelo deputado insular Roberto Almada, após percorrer várias zonas ardidas pelos incêndios que destruíram nos últimos dias uma vasta zona das serras da ilha, incluindo o Parque Ecológico do Funchal que ficou praticamente destruído, tendo o fogo consumido 95 por cento da sua área e o trabalho de reflorestação desenvolvido na última década.

“A realidade é negra e desoladora nas serras e perdeu-se uma parte da identidade da região”, disse.

Roberto Almada mencionou que esta “catástrofe”, que acontece no Ano Internacional da Biodiversidade, deve contribuir para uma “reflexão sobre o futuro da floresta que constitui uma fonte de riqueza ambiental, económica e social” do arquipélago.

Defendeu ser importante encontrar novos modelos para a reflorestação e sustentação da floresta, pessoas e bens, dado o tipo de orografia da ilha e a ocorrência de catástrofes ser crescente.

“Mas reflorestar não é só plantar árvores, é preciso um plano regional de ordenamento florestal que dê primazia a espécies endémicas e de mais difícil combustão”, sustentou.

Construir caminhos “corta-fogo” e acessibilidades, envolver a sociedade neste projecto e apetrechar a Protecção Civil e bombeiros com meios terrestres e aéreos para lidarem com as situações serão aspectos incluídos na proposta de diploma.

Além disto, o Bloco defende ainda que deverá ser feita uma aposta na limpeza das matas durante a Primavera, recorrendo a guardas florestais, Exército, presidiários e voluntários, e incrementada a vigilância das áreas de maior valor ambiental nos meses de maior susceptibilidade à propagação de fogos.

Termos relacionados Ambiente
(...)