You are here

Barragem de Fridão: Acção popular contra declaração de impacte ambiental

A Associação Cívica Pró-Tâmega entregou uma acção popular administrativa para anular a declaração de impacte ambiental da barragem de Fridão em Amarante.
Amarante ameaçada - Cartaz do Bloco de Esquerda

A acção popular entrou no Tribunal Administrativo e Fiscal de Penafiel, na passada sexta feira, e tem como objectivo a anulação da declaração de impacte ambiental da barragem de Fridão. A Associação Cívica Pró-Tâmega nasceu de dois movimentos cívicos: “Por Amarante sem barragens” e “Movimento cidadania para o desenvolvimento no Tâmega”.

A principal razão para a acção popular está na falta de avaliação do risco a que ficará exposta a cidade de Amarante, em caso de ruptura da barragem de Fridão.

Em Fevereiro deste ano, também a Quercus deu parecer negativo à barragem do Fridão.

Leia mais informação no esquerda.net:

Manifestação contra barragens no Vale do Tâmega
Rever o Plano Nacional de Barragens

e nos blogues do Movimento Cidadania para o Desenvolvimento no Tâmega

e Por Amarante sem barragens.

Termos relacionados Ambiente
(...)