You are here

Jovens protestam contra violência policial

Um grupo de estudantes promove neste Domingo uma concentração pacífica contra a violência policial no Largo Camões em Lisboa.

Dois jovens estudantes (Vasco David e Laura Diogo) foram agredidos por polícias no Bairro Alto na madrugada do passado dia 25 de Maio, o estudante teve de ser operado no Hospital de S. José a um maxilar fracturado (Leia notícia no esquerda.net: Estudantes agredidos por polícias em Lisboa ).

Neste Domingo, pelas 17 horas, o colectivo estudantil A Garra promove uma concentração no Largo Camões para protestar contra a violência policial e a impunidade dos agentes da polícia, que a exercem.

À agência Lusa, Fábio Salgado, um dos organizadores da concentração pacífica, diz: “Queremos alertar, não só para o caso deles dois, como para outros casos que acontecem”.

Para Fábio Salgado devia haver “alteração profunda das forças de segurança no sentido de terem uma formação mais humanista, defensiva e respeitadora dos cidadãos” e também “uma maior frequência da avaliação da acção dos agentes”.

Segundo a Lusa, os jovens vão simular no Largo Camões um caso de uso despropositado de força e o respectivo julgamento. “É o que acontece e não queremos que aconteça e o que não acontece e gostaríamos que acontecesse”, disse Fábio Salgado.

Os dois jovens agredidos por agentes da PSP vão estar presentes na concentração, apesar de um deles ainda estar a recuperar da intervenção cirúrgica.

“Ele está muito abalado psicológica e fisicamente, tem ferros na boca e só pode comer por uma palhinha, mas vai lá estar”, garantiu Fábio Salgado à Lusa.

Contactada pela agência Lusa, a PSP recusou-se a comentar.

Termos relacionados Sociedade
(...)