You are here

“Conto selvagem” é o e-book da semana

Ferdinando Paolieri

Ferdinando Paolieri nasceu em Florença em 1878. Escritor descritivo-pictórico, utiliza uma linguagem toscana, amiúde dialectal. É um dos últimos representantes do realismo “provinciale”, que na Toscana teve insignes mestres, como Fucini e, na pintura, Fattori. Fecundíssimo e versátil, quer como romancista e novelista, quer como dramaturgo, a obra que melhor lhe resume as várias qualidades é “Natio Borgo Selvaggio”, onde temos uma representação falada, tumultuosa e atraente, da variada comédia provinciana. A prosa de Paolieri é tão fluente que faz pensar numa prosa popular, gémea daquela literatura poética de «stornelli» e de canções que os camponeses da região toscana costumam improvisar. A Maremma aparece frequentemente nos seus livros com os caracteres duma vida primitiva e selvagem. As suas principais obras são: “Novelle Toscane”; “Novelle Selvagge”; “Novelle Incredibli”; “Il Libro dell' Amore”; “Storia d'un Orso e di una Gatta”; “Uomini, Bestie e Paesi”.  

AttachmentSize
PDF icon Conto selvagem85.9 KB

Sobre o/a autor(a)

Escritor italiano (1878-1928)