You are here

“O maior acto de solidariedade é reconhecer os refugiados e migrantes como sujeitos políticos”