You are here

Joana Mortágua: “Jerusalém terá sempre de fazer parte do processo de negociação de paz”