You are here

Agenda

Últimas Notícias

CGTP: “qualquer dia” o Governo quer melhorar serviços e não tem trabalhadores

Qualquer dia o governo quer melhorar serviços e não tem trabalhadores, avisa Arménio Carlos

Arménio Carlos considera que aumento de 0,3% para a função pública é um desrespeito e avisa que se Governo não valorizar estes profissionais poderá correr o risco de no futuro necessitar de melhorar os serviços públicos e não encontrar profissionais dispostos a trabalhar por baixos salários.

Empregos pelo clima

Ativistas pelo clima manifestaram-se hoje em frente ao Ministério das Finanças exigindo Empregos pelo Clima.

Trabalhadores bloqueiam a entrada no Louvre. Paris, janeiro de 2020.

França: o Louvre fechou e a luta contra a reforma das pensões não pára

Esta sexta-feira, uma centena de manifestantes bloqueou a entrada do famoso museu parisiense. No dia anterior, centenas de milhares voltaram às ruas. Durante três dias, os portos têm estado bloqueados. A greve contra a reforma das pensões é a mobilização mais duradoura que o país conheceu nos últimos anos.

“Julgamento irá mostrar que Rui Pinto é um lançador de alerta excecional”

O autor das denúncias do ‘Football Leaks’ vai ser julgado em Portugal por 90 crimes. Para o seu advogado William Bourdon, ficou evidente que a justiça portuguesa prefere criminalizar Rui Pinto a perseguir “as redes criminosas portuguesas reveladas pelo Football Leaks”.

Bloco assinalou dois anos de mandato em Lisboa com proposta de 150 milhões para casas públicas

No comício de balanço da primeira metade do mandato da vereação em Lisboa, Manuel Grilo apresentou o trabalho feito para mudar a cidade e Catarina Martins anunciou que dará ao PS já neste Orçamento a oportunidade de cumprir a sua promessa eleitoral de investir 150 milhões por ano no parque habitacional público.

“Orçamento não dá resposta aos problemas da escola”

A Fenprof fez um cordão humano em frente ao Parlamento para contestar a proposta do governo para o Orçamento. Para a deputada bloquista Joana Mortágua, o governo só está interessado em soluções de curto prazo.

Montepio.

Montepio, a banca de favor investigada pela PJ

O Montepio emprestou 70 milhões de euros sem garantias ao empreiteiro José Guilherme entre 2011 e 2014. O empresário da Amadora ofereceu 14 milhões dessa verba a Ricardo Salgado, outra parte serviu para comprar participações no próprio Montepio, outra ainda, 1,5 milhões, terá sido oferecida a Tomás Correia, ex-líder do Montepio.