You are here

Vietname: 10 mil trabalhadores da Nike em greve

Trabalhadoras de uma fábrica da Nike no VietnameOs trabalhadores de uma fábrica de sapatos dependente da Nike, perto da cidade de Ho Chi Min (antiga Saigão), estão desde terça-feira em greve pelo direito a férias pagas e por melhor alimentação na cantina. Este é o segundo grande protesto do ano contra a multinacional no continente asiático, depois desta ter tentado despedir 14 mil trabalhadores na Indonésia, durante o mês de Julho.  

"Não sabemos quando voltamos ao trabalho" afirmou um dos dirigentes sindicais da fábrica de TaeKwang Vina, que produz calçado exlusivamente para a Nike. A indústria do calçado é a terceira mais importante do Vietname, a seguir ao petróleo e aos têxteis.

Já em Julho deste ano a Nike foi obrigada a enfrentar um grande protesto de trabalhadores da indonésia, com manifestações de massas em Jacarta. A multinacional pretendia rescindir o contrato com uma empresa dependente e que emprega 14 mil trabalhadores, devido ao incumprimento dos "padrões de qualidade exigidos". No entanto, a Nike pagava apenas 11 dólares por sapato, menos quatro dólares do que oferecia há quatro anos. Em resultado dos protestos, a Nike decidiu prolongar o contrato com esta empresa e estes trabalhadores por mais dois anos.

Termos relacionados Internacional