You are here

Trabalhadores da Gestnave exigem integração na Lisnave

gestnave070328Durante a Assembleia Geral e Tribuna Pública realizada hoje em frente ao ministério da economia (Largo Camões) os trabalhadores da Gestnave exigiram a integração na Lisnave, para evitar a ameaça de despedimento colectivo em Setembro de 2007. Na resolução aprovada, os trabalhadores exigem uma reunião conjunta com a administração da Lisnave, a administração da Gestnave, o governo e os próprios trabalhadores. A Gestnave é uma empresa de capital público e os trabalhadores estão a ser convidados a "rescindirem amigavelmente" os contratos, por decisão dos ministérios da economia e das finanças.
Os trabalhadores exigem ao ministro da Economia a integração na Lisnave, conforme o acordo de viabilização estabelecido entre o Estado e esta empresa em 1997, tendo anunciado a realização de uma nova tribuna pública, desta feita em frente à residência oficial do Primeiro Ministro, caso o Governo se recuse a sentar-se à mesma mesa com as administrações da Gestnave e da Lisnave e com os trabalhadores, até ao próximo dia 10 de Maio.

Artigo anterior em esquerda.net:

Gestnave: greve por integração na Lisnave

Termos relacionados Sociedade