You are here

Sarkozy vai duplicar o próprio salário

Nicolas SarkozyJean-François Copé, deputado do partido UMP (União para um Movimento Popular, anterior União para a Maioria Presidencial) confirmou que o salário do presidente da República da França, Nicolas Sarkozy, vai ter um aumento de 140%, alinhando-o a um nível "comparável ao do primeiro-ministro e ao dos homólogos estrangeiros". Actualmente, Sarkozy ganha 8.300 euros brutos, e passará para 20 mil.
A alteração será feita através de uma emenda do governo ao Orçamento de Estado para o ano de 2008. Segundo Copé, a mudança vai ser operada "com transparência, mas também coerência".

Copé acrescentou que "ser presidente da República, ser chefe de Estado, é uma responsabilidade considerável. Considero muito normal que o presidente da República tenha uma remuneração comparável à do chefe do governo e dos chefes de Estado dos países europeus."

O vencimento do presidente da República de Portugal é de 7.262,77 euros e o do primeiro-ministro 5.360,58 euros (salário bruto, sem contar as despesas de representação, que são mais 40% dos respectivos vencimentos).

Termos relacionados Internacional