You are here

Saúde 24: governo renova contrato com empresa que não cumpriu objectivos

Linha de Cuidados Saúde, do grupo Caixa Geral de Depósitos, substituiu o administrador e renovou contrato com o EstadoUm relatório da Direcção Geral de Saúde revela que a empresa que tem assegurado o funcionamento da Linha Saúde 24 ficou 32% aquém dos objectivos que tinham sido contratualizados, mas o governo renovou o contrato por mais um ano. O Bloco de Esquerda exige à ministra Ana Jorge explicações sobre o caso da enfermeira que denunciou o mau funcionamento do serviços, despedida na semana passada.

 

"Nos primeiros dois anos de actividade, o operador facturou menos 32% do que seria expectável no caso base apresentado no âmbito do contrato", refere o relatório da Direcção Geral de Saúde sobre a Linha Saúde 24, divulgado pela imprensa.

Apesar do incumprimentos dos objectivos, o governo decidiu renovar por mais um ano o contrato para prestação de serviço com a empresa Linha de Cuidados Saúde, do grupo Caixa Geral de Depósitos, que substituiu o seu administrador.

Esta empresa tornou-se também conhecida pelo despedimento de Ana Rita Cavaco, a enfermeira-supervisora que denunciou publicamente o "caos organizativo" deste serviço. Ana Rita vai apresentar queixa ao Tribunal do Trabalho e dar a conhecer o caso aos grupos parlamentares.

Entretanto, o Bloco de Esquerda já exigiu a presença de Ana Jorge, ministra da Saúde, na Assembleia da República, para prestar explicações sobre este assunto.

Ver também "Linha Saúde 24 despede enfermeira, Bloco chama Ministra à AR"

Termos relacionados Sociedade