You are here

Reino Unido: cortes orçamentais explicam perda de dados de milhões de pessoas

Gordon Brown está em maus lençóisOs dados de 25 milhões de pessoas que o Ministério das Finanças enviou e não chegaram ao seu destino, só eram tão detalhados porque compactá-los ao essencial saía demasiado caro. A revelação foi feita pelo jornal The Guardian, que teve acesso a uma troca de e-mails entre um funcionário do Ministério das Finanças e outro do gabinete de auditoria encarregue de receber e analisar os dados.  

Um funcionário do Ministério das Finanças Britânico respondeu ao gabinete de auditoria que não podia filtrar os dados por razões orçamentais. Foi por isso mesmo que os dados de 25 milhões de pessoas que se perderam continham "pormenores" como o número da conta bancária.

Esta revelação promete complicar ainda mais a situação de Gordon Brown, Primeiro Ministro Britânico, que já ontem teve que pedir desculpas ao povo britânico, e que continua com os índices de popularidade em queda.


Veja a notícia anterior: Governo britânico perdeu dados de milhões de pessoas

Termos relacionados Internacional