You are here

PCP veta Gato Fedorento

ricardo_grandO Diário de Notícias revelou hoje que a Juventude Comunista Portuguesa recusou uma intervenção de Ricardo Araújo Pereira nas próximas celebrações do 25 de Abril. A Juventude Socialista e os jovens do Bloco de Esquerda apoiaram o nome do humorista para a tradicional intervenção jovem que ocorre neste evento. Mas a intransigência da JCP inviabiliza a presença de um representante dos jovens portugueses no comício do dia 25 em Lisboa, o que acontece pela primeira vez.
 

Segundo o Diário de Notícias, a proposta foi originalmente feita pela JS e apoiada pelos jovens do Bloco de Equerda e pela juventude da UGT. A ideia destas organizações era atrair para as comemorações do 25 de Abril uma geração que já nasceu em democracia e prefere o humor corrosivo dos Gato Fedorento às mensagens políticas de pendor mais tradicional. Recorde-se que Ricardo Araújo Pereira esteve activo na campanha pelo Sim à despenalização do Aborto e destacou-se também, em conjunto com os restantes membros do Gato Fedorento, na resposta criativa e corrosiva ao cartaz racista do PNR presente no Marquês de Pombal.

Mas a JCP e duas outras associações próximas do Partido Comunista - a Interjovem, ligada à CGTP, e a Ecolojovem, ligada ao Partido Ecologista 'Os Verdes' - recusaram frontalmente que a leitura da mensagem aos jovens ficasse a cargo de Ricardo Araújo Pereira, propondo em alternativa um jovem dos Verdes. Desta forma, gerou-se um impasse, alegando os socialistas que todos os oradores dos anos anteriores foram sugeridos pelos comunistas, o que desta vez não sucederá.

Termos relacionados Política