You are here

Morreu Vasco Granja

Vasco Granja morreu aos 83 anosO apresentador de televisão ficou na história da banda desenhada e do cinema de animação, divulgando, durante 16 anos, obras fora do circuito comercial, nomeadamente desenhos animados dos países do Leste da Europa. A sua ligação a movimentos de oposição ao Estado Novo e ao Partido Comunista Português valeram-lhe duas prisões pela PIDE. O funeral realiza-se esta terça-feira, pelas 15h.  

Vasco Granja (nascido em 1925) foi um apresentador de televisão português, reconhecido pelo seu grande contributo para a divulgação da animação e da banda desenhada em Portugal.

Apaixonado desde miúdo pelo cinema, Vasco Granja esteve envolvido no movimento cineclubista dos anos cinquenta. A sua relação com os movimentos de oposição ao Estado Novo e ao Partido Comunista Português valeram-lhe duas prisões pela PIDE, uma delas durante dezasseis meses, onde sofreu em Peniche várias torturas físicas e psicológicas, como a tortura do sono.

Em 1974 inaugurou um novo programa na televisão, "Cinema de Animação", que duraria 16 anos. Nesses programas, dava a conhecer a animação de todo o mundo, desde aquela que era realizada nos países do leste da Europa, até à proveniente da América do Norte. Pretendia, com o seu programa, divulgar, para além da própria animação, uma mensagem de paz, que considerava estar presente em muitos dos filmes da Europa de Leste que transmitia.

Em 1975, criou um curso de cinema de animação, a partir do qual viria a nascer a Associação Portuguesa de Cinema de Animação. Em 1980, foi membro do júri da quarta edição do Animafest, o Festival Mundial de Animação de Zagreb, realizado na então Jugoslávia.

O corpo de Vasco Granja está em câmara ardente na capela da Damaia, na Amadora. O funeral realiza-se terça-feira, a partir das 15:00 horas, para o Cemitério de Rio de Mouro, Sintra, onde o corpo será cremado.

Termos relacionados Sociedade