You are here

Marco de Canaveses: nº 2 de Avelino pode encabeçar candidatura do PS

Norberto Soares (antigo nº 2 de Avelino Ferreira Torres) pode encabeçar candidatura do PS em Marco de CanavesesNorberto Soares, o antigo número dois de Avelino Ferreira Torres, foi convidado para encabeçar a lista do Partido Socialista à Câmara Municipal do Marco de Canaveses nas próximas eleições autárquicas. A decisão foi tomada pelo líder da distrital do Porto do PS, o deputado Renato Sampaio, que anda a negociar com Norberto Soares, desde Outubro passado.
A concelhia do PS do Marco de Canaveses e o antigo líder distrital, Francisco Assis, estão indignados com a decisão.

"É absolutamente inaceitável que alguém que tenha estado ligado a Avelino Ferreira Torres possa ser o candidato do PS. Antes da estratégia estão os princípios", disse à agência Lusa Francisco Assis. O ex-líder da distrital do Porto do PS diz que não irá imiscuir-se no próximo processo eleitoral autárquico, mas decidiu tomar posição por considerar que este é "um caso absolutamente inaceitável", que "ofende" os 20 anos de combate ao "estado de suspensão da vida democrática" do tempo em que Avelino Ferreira Torres era presidente da Câmara Municipal de Marco de Canaveses.

No site do PS de Marco de Canaveses (psmarco.net), o presidente da comissão concelhia, Artur Melo e Castro, considera a decisão de apoiar Norberto Soares "grotesca no seu conteúdo e inqualificável na sua forma". Artur Castro afirma ainda que a decisão "fere todos os princípios e os valores pelos quais o PS Marco se bateu, ficando bem patente para todos portugueses que certos actores políticos se despem de quaisquer pudores no vale tudo para se ganhar uma Câmara, mesmo que isso seja atraiçoar os seus próprios camaradas".

Artur Castro salienta que a sua indignação ainda foi mais longe:

"Hoje de tarde recebo um telefonema de um antigo líder da concelhia e proto candidato ao lugar, mas à espera da minha demissão, que embora não concordando com a forma, estava de acordo com o conteúdo e ao mesmo tempo me aconselhou "a sair sem grandes ondas", pois a seguir vinha ele "e recuperava-me para o partido"! Inimaginável este cenário, se não tivesse sido passado comigo."

Termos relacionados Política