You are here

Maré negra alastra nos EUA

A fuga de petróleo após a explosão duma plataforma da BP no Golfo do México está a derramar o equivalente a cinco mil barris por dia.

A marinha tentou apagar as chamas na plataforma mas esta acabou por se afundar. Foto uscgd8/FlickrA fuga de petróleo após a explosão duma plataforma da BP no Golfo do México está a derramar o equivalente a cinco mil barris por dia.


A plataforma Deepwater Horizon explodiu a 20 de Abril e afundou-se dois dias depois, consumida pela chamas, vitimando onze trabalhadores. A mancha de petróleo ameaça o delta do Mississipi e as fugas de petróleo - foi encontrada uma nova a 1500 metros de profundidade - situam-se a 80 quilómetros da costa do estado norte-americano de Louisiana.

"Vou dizer directamente. Os esforços da BP para controlar o vazamento no bloco obturador do poço não tem sido bem sucedidos", informou a contraalmirante Mary Landry, confirmando as suspeitas de que esta se pode tratar da maior maré negra de sempre na história dos Estados Unidos.

O presidente Barack Obama já disponibilizou os meios do Departamento de Defesa para tentar conter o derramamento. A estratégia adoptada passou pela queima controlada do petróleo no mar, dificultada pelos ventos e correntes na região. A mancha cobre já uma área de 74,1 mil quilómetros quadrados.

Termos relacionados Internacional