You are here

Israel nuclear

OLMERT ADMITE IMPLICITAMENTE TER ARMAS ATÓMICAS
olmertzangadoNuma entrevista à TV alemã, o primeiro ministro de Israel, Ehud Olmert, admitiu ontem implicitamente uma coisa que o mundo inteiro sabe mas que Israel nunca admitiu: que tem armas nucleares. Referindo-se às ameaças de Teerão de "varrer Israel do mapa", Olmert perguntou: "Pode-se dizer que a aspiração do Irão a possuir armas nucleares é comparável a países como os Estados Unidos, a França, Israel, a Rússia?"
A admissão da capacidade nuclear israelita é novidade. Israel sempre se limitou a não confirmá-la nem desmenti-la.

Aparentemente, porém, as palavras de Olmert foram um deslize, porque a sua porta-voz, Miri Eisen, apressou-se a declarar que ele não quis dizer que o seu país possuía ou aspirava a possuir armas nucleares: "Não, ele não disse nada disso."

Para Mark Regev, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros, o primeiro-ministro queria apenas diferenciar "estes quatro países democráticos do Irão, e não fazia nenhuma referência às suas capacidades nucleares potenciais."

A questão do arsenal nuclear israelita foi evocada ontem pelo futuro secretário de Estado dos EUA Rober Gates, que declarou ao Senado que Israel possui armas atómicas. Na audição ao Senado, Gates afirmou que o Irão poderia desejar ter armas nucleares, dado que está "rodeado de arsenais nucleares: o Paquistão a Leste, a Rússia a Norte, Israel a Oeste e nós no Golfo."

Termos relacionados Internacional