You are here

Iraque

IRÃO E SÍRIA PRONTOS A NEGOCIAR COM EUA
ahmadinejad02O Irão está pronto para conversar com os Estados Unidos, desde que Washington mude de atitude, disse hoje o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad. "Temos dito desde o início que vamos negociar com o governo norte-americano, mas sob algumas condições. As condições dizem respeito às atitudes do governo americano. Se corrigirem o comportamento, vamos conversar", disse Ahmadinejad, em entrevista transmitida ao vivo na televisão estatal.
Em Damasco, o diário Tishreen disse em editorial que a Síria aceita discutir com os Estados Unidos uma ajuda para estabilizar o Iraque e aguarda que Washington tome a iniciativa. "A Síria está pronta para o diálogo com os Estados Unidos a fim de obter segurança e estabilidade, e estende as suas mãos sinceramente, como sempre, na espera de uma resposta", disse o jornal.

"Declarações sobre a necessidade de diálogo com a Síria e sobre como começar a tratar dos problemas da região como um todo são interessantes", acrescentou o texto.

O governo britânico enviou um representante à Síria na semana passada para discutir o tráfico de armas para o Iraque. Num discurso anual sobre política externa na segunda-feira, o primeiro-ministro Tony Blair defendeu que os EUA e a Grã-Bretanha devem envolver a Síria e o Irão nos esforços de estabilização do Iraque. A mesma medida é defendida por James Baker, que lidera um grupo de estudos sobre o Iraque, uma comissão bipartidária do Congresso dos EUA dedicada a procurar saídas alternativas para a ocupação.

O editorial do Tishreen diz ainda que o recente veto dos EUA a uma resolução da ONU que condenaria Israel por um ataque que matou 19 civis em Gaza não é um bom prenúncio para uma posição "construtiva e objectiva" dos EUA nos assuntos regionais.

A Síria qualificou a invasão e ocupação do Iraque de "assalto à mão armada", e Washington acusou Damasco de permitir que guerrilheiros e armas cruzassem a fronteira entre os dois países.

Termos relacionados Internacional