You are here

Hamas admite ceder controlo de Gaza

Ismail HaniyehO líder do Hamas, Ismail Haniyeh, disse que o controle que seu movimento exerce sobre a Faixa de Gaza é "temporário", sinalizando que poderá ceder o controle do território, conquistado em Junho. Haniyeh anunciou que vai retomar o diálogo com a Fatah, do presidente palestiniano, Mahmud Abbas, no final do mês do Ramadão, que termina esta semana. "Estamos a fazer sérios esforços para retomar este diálogo", disse, adiantando que os contactos serão feitos num estado árabe.

 

Haniyeh já tinha anunciado a disposição de se encontrar com Abbas na Arábia Saudita "para tentar solucionar a disputa entre irmãos palestinianos sobre a base do acordo de Meca".

Firmado em 8 de Fevereiro, o acordo de Meca, estipulava a criação de um governo de união nacional e de reconciliação entre Hamas e Fatah, após meses de confrontos entre os dois grupos.

As sanções internacionais ao Hamas e o bloqueio israelita agravam a pobreza na Faixa de Gaza e criam uma pressão sobre a organização islâmica para procurar uma solução conciliatória.

Uma fonte oficial envolvida na mediação Hamas-Fatah confirmou que haverá uma reunião já na semana que vem, possivelmente no Cairo.

Mahmud Abbas, que ainda não comentou as declarações de Haniyeh, disse que o futuro Estado palestiniano deve unir Cisjordânia e Faixa de Gaza, e só será viável se tiver todos os territórios tomados por Israel há 40 anos: "Tudo o que queremos é um Estado com as fronteiras de 1967. Somente dessa forma um Estado palestiniano será realmente viável", disse.

Termos relacionados Internacional