You are here

Grécia: incêndio chega às portas de Atenas

Fogo na Grécia. Foto de Carl Osbourn, FlickRUm incêndio descontrolado que lavra já há três dias na Grécia chegou às portas da capital, Atenas. As autoridades ordenaram a evacuação de todos os habitantes de Agios Stefanos, localidade a 23 km da capital, depois de o fogo ter alcançado áreas residenciais neste domingo. Cerca de dez mil pessoas tiveram de sair da região. Itália e França enviaram quatro aviões cisterna e o Chipre ajudou com um helicóptero.

As autoridades declararam estado de emergência na região metropolitana de Atenas. "A situação é trágica. O fogo está fora de controlo em muitas frentes", afirmou o governador da Grande Atenas, Yiannis Sgouros. Este é o pior incêndio da Grécia desde 2007, quando 70 pessoas morreram no sul do país. Felizmente, até ao momento não há notícias de mortos ou feridos.

O porta-voz do serviços de combate a incêndios, Yiannis Kapakis, disse sábado que 75 focos de incêndio atingem a Grécia desde as primeiras horas de sábado, dia 22 - incluindo fogos nas ilhas de Evia, Skyros e Zakynthos, assim como em regiões no centro e sul do país.

Mais de 500 bombeiros e 300 soldados, com uma centena de veículos, dez aviões e oito helicópteros-tanque estão mobilizados para combater as chamas, mas não são suficientes para conter o fogo.

A capital grega está coberta de cinzas e podem ser vistas colunas de fumo preto causado pelas chamas.

Este ano, um total de 250 mil hectares foram calcinados na Grécia, por causa dos incêndios devastadores que em Agosto afectaram o sudeste da Grécia e a ilha de Eubea, queimando em apenas dez dias 180 mil hectares e causando a morte de 65 pessoas.

{youtube}PNJV9S4jpuM{/youtube}

Termos relacionados Internacional