You are here

Função Pública

GREVE COM ELEVADA ADESÃO
thumb_recolhalixo0Começou à meia-noite a greve dos trabalhadores da função pública contra o novo regime de mobilidade. A greve conta para já com elevadas adesões na recolha de lixo e nos hospitais. Em Lisboa não houve recolha de lixo, contando a greve com uma adesão de 100%. O mesmo aconteceu em muitos outros municípios. Os hospitais registam paralisações superiores a 50%.

 

A greve, que vai prolongar-se por todo o dia de hoje, foi convocada inicialmente pela Federação da Função Pública da CGTP, teve posteriormente a adesão do Sindicatos dos Quadros Técnicos do Estado e da FESAP da UGT.

 

O novo regime de mobilidade, que o governo quer aprovar no Parlamento a 20 de Julho, é o motivo da luta dos trabalhadores da função pública.

 

A proposta do governo implica um regime de mobilidade especial, pelo qual as pessoas por ela atintigidas têm uma redução de remuneração. É um regime que empurra os funcionários públicos para a rescisão dos seus contratos. Qualquer funcionário público deixa de ser um activo do Estado e passa a ser um empecilho que urge enviar para casa.

Termos relacionados Sociedade