You are here

Falsos recibos-verdes entregam prenda à Ministra do Trabalho

 Antes da Dívida Temos Direitos! - petição à ARA petição “Antes da Dívida Temos Direitos!” esteve no Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social para deixar uma prenda, lembrando a falta de direitos como o de receber subsídio de Natal.

Os movimentos de precários/as que organizam a campanha em torno da petição “Antes da Dívida Temos Direitos” estiveram, esta terça-feira, no Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, para deixar uma prenda à Ministra Helena André. Nesta prenda que acompanhou uma acção recente de recolha de assinaturas, muitas pessoas quiseram deixar mensagens, escrevendo-as na própria prenda e dirigindo-as à Ministra, lê-se no comunicado dos movimentos.

Construíram uma prenda com cerca de dois metros de altura, para simbolizar as enormes dificuldades das centenas de milhar de trabalhadores e trabalhadoras a recibos verdes. Concretamente, dizem os movimentos, a prenda serve para lembrar à Ministra que quem trabalha a recibos verdes não tem direito a subsídio de Natal, para além de tantos outros prejuízos e injustiças resultantes da falta de um contrato de trabalho.

Infelizmente, lê-se no comunicado, “a prenda que estes trabalhadores a recibos verdes recebem este Natal é a manutenção da situação ilegal que lhes é imposta e, para muitos deles, a continuação da acumulação duma dívida injusta perante a Segurança Social”.

Os movimentos esperam que a nova Ministra do Trabalho, que vem oscilando entre a defesa da flexibilidade e a promessa de combater a precariedade, receba esta prenda “como mais um incentivo para enfrentar a impunidade que permitiu a generalização dos falsos recibos verdes”.

A petição continua diariamente a recolher assinaturas e já juntou muitos milhares de pessoas em em torna da defesa duma Segurança Social justa para todos os trabalhadores e, em particular, para os trabalhadores a recibos verdes.

Com esta petição, estes movimentos - APRE, FERVE, Intermitentes do Espectáculo e do Audiovisual e Precá[email protected]íveis – pretendem denunciar os falsos recibos verdes como sendo “uma das maiores fraudes que atravessam o país”, afectando as vidas de cerca de um milhão de trabalhadores e trabalhadoras. Esperam também que com esta petição possam contribuir para um debate que resulte na vontade de finalmente acabar com os falsos recibos verdes e com a perseguição, pela própria Segurança Social, a milhares de trabalhadores que já estão prejudicados pela não aplicação do direito fundamental a ter um contrato de trabalho.

Ver o vídeo da acção e obter mais informação sobre a petição em Recibos Verdes: Antes da Dívida Temos Direitos!

Termos relacionados Sociedade