You are here

Eleições municipais em Espanha sem grandes mudanças

espanha_municipaisO Partido Popular (PP) ganhou as eleições municipais em Espanha com mais 155.000 votos que o Partido Socialista (PSOE), e 35,6% dos votos (33,9% em 2003). O PSOE foi o segundo partido mais votado com 34,9% dos votos (34,7% em 2003), mas obteve mais mandatos.
Nas eleições para as comunidades autonómicas, o PP perdeu a maioria absoluta nas Baleares. Em Navarra a UPN, partido regional aliado do PP, também perdeu a maioria absoluta.
A Esquerda Unida foi o terceiro partido mais votado, com 5,47% e mais de 1,2 milhões de votos.

Ontem em Espanha, realizaram-se eleições municipais e para as comunidades autonómicas, excepto para Andaluzia, País Basco, Galiza e Catalunha.

Nas municipais o PP obteve 7914084, 23347 mandatos municipais e 2871 alcaides (presidentes de Câmara). O PSOE obteve 7758093 votos, 24026 mandatos e 2322 alcaides.

A Esquerda Unida foi o terceiro partido mais votado, obtendo 2198 mandatos municipais e pode ser uma força chave em muitos municípios, onde o PP perdeu a maioria absoluta.

O PP reforçou as suas maiorias em Madrid e Valência.

O PSOE, sozinho ou em alianças com outros partidos, pode retirar a maioria ao PP em diversas cidades importantes: Palma de Maiorca, Las Palmas, Vitória, Vigo, Léon, Toledo, Logroño, Jaén, Orense e Ferrol.

O PP apenas obteve de novo Cuenca e Guadalajara.

Na Catalunha, o Partido Socialista Catalão mantém a maioria relativa em Barcelona, devendo manter o governo da cidade em aliança com Esquerra Republicana e ICV (Iniciativa per Catalunya Verts), ganha a maioria absoluta em Lleida e Tarragona.

No País Basco, o Partido Socialista e o Partido Nacionalista Basco são os mais votados, sendo que a ANV (Acción Nacionalista Vasca), para quem Batasuna pediu o voto, obteve o terceiro lugar, elegendo 337 mandatos, 17 alcaides com maioria absoluta e mais 14 com maioria relativa.

Na Galiza o PP perdeu as maiorias absolutas em Vigo, Orense e Ferrol e deverá perder o governo dessas cidades para acordos entre o PSOE e o Bloco Nacionalista Galego.

Nas eleições para as comunidades autonómicas o PP reforçou a maioria em Madrid e no País Valenciano, mas perdeu a maioria absoluta nas Baleares, onde os socialistas poderão governar se conseguirem acordo com outros partidos.

Em Navarra, a UPN, partido regional de direita aliado do PP, perdeu a maioria absoluta e poderá perder o governo se Nafarroa Bai (aliança de partidos regionais), socialistas e Esquerda Unida chegarem a acordo.

Termos relacionados Internacional