You are here

Crise na Palestina

HAMAS ANUNCIA BOICOTE A ELEIÇÕES ANTECIPADAS
hamasO Hamas anunciou que vai boicotar as eleições antecipadas convocadas pelo presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, se estas vierem a realizar-se. "Somos contra qualquer iniciativa que seja contrária à lei e à Constituição", afirmou Khaled Meshaal, o líder político do Hamas exilado em Damasco, numa entrevista à BBC.

No sábado, Mahmud Abbas, num longo discurso de duas horas, anunciou a convocação de eleições presidenciais e legislativas antecipadas, constatando o fracasso das negociações para formar um governo de unidade nacional entre o Hamas e a Fatah. Uma explosão de violência entre as duas facções explodiu em seguida, com o Hamas a afirmar que a convocatória significava um golpe de Estado. A violência só foi interrompida com a negociação de uma trégua no sábado.

Mas hoje Abbas reafirmou a intenção de realizar as eleições antecipadas, que ainda não têm data marcada. "Como vos disse no meu discurso, estou determinado a dar a decisão ao povo. Estivemos numa crise durante nove meses. As pessoas já não podem esperar mais. O povo está a sofrer da situação económica, social e securitária." O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, que visitou Abbas, voltou a dizer que a comunidade internacional deveria tentar reunir nas próximas semanas um pacote de assistência para ajudar Abbas.

Leia também: HAMAS ADVERTE CONTRA "GOLPE DE ESTADO"

Termos relacionados Internacional