You are here

Consulados: mais de 6500 portugueses protestaram em França

Toulouse - Foto retirado de Luso JornalMais de 6500 portugueses e luso-descendentes manifestaram-se domingo em França, frente aos seis consulados que o governo português quer encerrar. Segundo os organizadores, terão estado 800 pessoas em Nogent-sur-Marne, mil em Versalhes, quatro mil em Órleans, 400 em Lille, 300 em Toulouse e 300 em Nantes.
Para o próximo dia 18 está convocada uma manifestação em Paris. António Fonseca, porta-voz do colectivo da defesa dos consulados e da comissão coordenadora dos colectivos em luta, declarou à agência Lusa que os seis mil participantes esperados nos protestos foram largamente ultrapassados. "Governo tem juízo, o consulado não dá prejuízo" foi uma das palavras de ordem gritadas pelos manifestantes.

António Fonseca afirmou que "as populações estão mobilizadas para irem até ao fim na contestação aos encerramentos", que o ministro dos negócios estrangeiros, Luís Amado, quer levar a cabo.

Sobre a fusão dos consulados de Nogent e Versalhes no consulado de Paris, como quer o governo, António Fonseca declarou: "Não podemos imaginar como será possível fazer face a esse aumento de trabalho quando até agora o consulado já revela falta de funcionários e de meios".

Para dia 18 está convocada uma manifestação única na cidade de Paris.

Termos relacionados Política