You are here

"Compromisso Portugal"

PATRÕES QUEREM DEMISSÃO DE 200 MIL FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS
compromisso1Depois de terem exigido ao governo que entregasse aos patrões um vasto conjunto de empresas públicas, entre as quais se incluía a TAP, a ANA e a EDP, os patrões organizados no Compromisso Portugal e capitaneados pelo director de campanha de Cavaco Silva, exigem agora o despedimento de 200 mil funcionários públicos.  Leia o comunicado do Bloco de Esquerda

O Compromisso Portugal, movimento de reflexão que ontem realizou a sua segunda Convenção, propõe que o número de funcionários públicos seja reduzido em 200 mil, mais de um quarto dos actuais 737.774 funcionários. Os proponentes, que não fizeram nenhum estudo sobre o impacto social e os custos acrescidos para a Segurança Social, garantem que se pouparia até 5 mil milhões de euros por ano.
Os promotores António Nogueira Leite e Fernando Pacheco, autores do texto, pretendem fazer acompanhar esta vaga de despedimentos pela entrega de uma maior fatia da educação e da saúde aos privados: defendem um aumento de 12 para 25% da oferta de escolas privadas e de 23 para 35% do peso dos hospitais privados.
Entre as medidas que poderiam vir a ser adoptadas num programa de redução do número de efectivos da Administração Pública, os promotores defendem o fim do prolongamento dos contratos temporários em organismos que tenham pessoal excedentário e o preenchimento de lacunas com recursos internos.

 

Termos relacionados Sociedade