You are here

Começaram buscas em Timor

PRISÃO DE REINADO ERA GUARDADA POR CINCO HOMENS DESARMADOS
reinadoDepois da estranha fuga da prisão de Becora, há dois dias, do major Alfredo Reinado, começaram as buscas. O major fugiu, sem dificuldade, acompanhado pelos seus camaradas, pela porta principal da prisão. Segundo o director nacional das prisões a segurança daquele estabelecimento prisional era garantida naquele momento por cinco guardas sem armas e sem rádios.

O militar que abandonou a cadeia de comando das forças armadas timorenses para liderar a revolta contra o governo de Alkatiri em Timor, preso por posse ilegal de arma, estava antes no centro de detenção militar, no bairro de Caicoli; mas, depois de um recurso interposto pelo seu advogado regressou a Becora na passada quinta-feira. A segurança na cadeia de Becora era da responsabilidade do contingente neozelandês e de guardas prisionais timorenses, desarmados. Segundo o director nacional das prisões, Manuel Exposto, os neozelandeses tinham cessado funções há uma semana. Os presos estavam a ser guardados cinco guardas timorenses desarmados e sem meios de comunicação.

Termos relacionados Internacional