You are here

Centenas de milhares contra a guerra do Iraque

Manifestação contra a guerra do Iraque em Madrid - Foto da Lusa (17 Março 2007)Em diversas cidades, por todo o mundo, realizaram-se neste Sábado manifestações pela Paz e contra a guerra do Iraque. Muitos outros protestos estão convocados para os próximos dias, quatro anos depois do início da guerra, iniciada a 20 de Março de 2003.
Em Madrid, 400 mil pessoas desfilaram sob o apelo "Sim à Paz, Fim da ocupação do Iraque" numa manifestação convocada pelo Forum Social de Madrid, apoiada pela Esquerda Unida, pelo PSOE e pelas centrais sindicais Comissiones Obreras e UGT. O realizador de cinema Pedro Almodovar desfilou na primeira fila da manifestação, no final da qual foi feito um apelo à intervenção da ONU e à retirada das tropas estrangeiras do Iraque. No protesto foi ainda exigido o encerramento da prisão de Guantanamo. No estado espanhol realizaram-se também manifestações neste Sábado em Barcelona, Sevilha, Valência, Gijon, Cádis, Granada e Pamplona.

Nos Estados Unidos realizou-se, igualmente no Sábado, uma manifestação em Washington, estando ainda marcadas manifestações pela paz, contra a guerra e pela retirada dos EUA do Iraque, para Los Angeles e para outras cidades. Novos protestos estão igualmente convocados para os próximos dias, nomeadamente uma para Domingo em Nova Iorque, convocada pela coligação nacional anti-guerra "United for Peace and Justice" ("Unidos pela Paz e pela Justiça"). A manifestação de hoje em Washington foi convocada pela coligação anti-guerra ANSWER. "EUA fora do Iraque já!" foi um dos lemas mais gritados.

Neste Sábado realizaram-se ainda manifestações em Seul (Coreia do Sul), em Nicósia (Chipre), em Istambul (Turquia), em Sidney (Austrália), em Copenhaga (Dinamarca), em Roma (Itália) e em Atenas e Salónica, na Grécia.

Termos relacionados Internacional