You are here

Bolton abandona

JOHN BOLTON DEIXA DE SER EMBAIXADOR DOS EUA NA ONU
John Bolton Foto da LusaA Casa Branca anunciou hoje que foi com grande relutância que George W. Bush teve de aceitar a decisão de John Bolton de deixar de ser embaixador dos EUA na ONU. Bolton tinha sido nomeado embaixador pelo presidente norte-americano, sem que a sua nomeação tenha sido alguma vez confirmada pelo Senado. John Bolton destacou-se pelos seus ataques às Nações Unidas, tendo afirmado em 1994: "Não há Nações Unidas. Há somente a comunidade internacional, que só pode ser conduzida pela única superpotência que resta que são os Estados Unidos." Dana Perito, porta-voz da Casa Branca, anunciou que o presidente Bush tinha aceite com relutância a decisão de Bolton de se demitir quando a presente sessão do Congresso norte-americano terminar, possivelmente no fim desta semana.

Bush tinha-o nomeado para embaixador dos EUA na ONU em Agosto de 2005, mas enfrentou uma forte oposição no Senado, que nunca confirmou a sua nomeação. Em 9 de Novembro de 2006, dois dias depois de ter perdido a maioria no Congresso, Bush confirmou a nomeação de Bolton.

Bolton destacou-se sempre pelos seus ataques às Nações Unidas, tendo chegado a afirmar: " O edifício do secretariado da ONU em New York tem 38 andares. Se perdesse dez andares, não faria a mais pequena diferença."

Termos relacionados Internacional