You are here

Audição de Carmona adiada a pedido do próprio

Carmona RodriguesA audição do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carmona Rodrigues, no DIAP, no âmbito do caso Bragaparques, que estava marcada para a próxima quarta-feira, foi adiada a pedido do próprio. A informação do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) refere que o adiamento se deu "por causa justificada", mas não divulga a data em que a audição terá lugar.
Em comunicado de imprensa, a concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda considera que o adiamento da audição no DIAP a pedido de Carmona Rodrigues é uma “manobra” que resulta em tempo perdido para a resolução da crise na CML. O BE de Lisboa critica ainda o silêncio de Marques Mendes, considera o plano de promover Marina Ferreira a presidente um “golpe palaciano” e reafirma que “só a realização de eleições intercalares pode assegurar o normal funcionamento” da CML.

Leia o comunicado na íntegra no site do Bloco de Esquerda

Termos relacionados Política